quarta-feira, 8 de julho de 2009

A Fortaleza dos Vencidos

De repente, sem nenhum aviso, o céu ficou escuro como os cabelos pintados da madame Cibele. Ela comparou a formação de nuvens com as tempestades interiores que a assaltavam de vez em quando, que estavam começando a inquietá-la. A chuva desabou sobre o mar e foi chegando, bela e assustadora. Os moleques que tomavam banho na praia saíram da água, tentando fugir, mas a chuva os alcançou e bateu em suas cabeças com pingos duros como cascudos. Já era tempo de chover, pensou madame Cibele, o calor estava de derreter o juízo,ao sol do meio-dia fritava-se carne de sol no calçamento.
(trecho do novo romance de Nei Leandro de Castro A Fortaleza dos Vencidos, foto Sandra Porteous)

2 comentários:

Adelle disse...

Estou louca para ler... mais tarde nos veremos no lançamento. Beijo grande pra vocês. E desejo muito sucesso!

Moacy Cirne disse...

... e que o lançamento seja um sucesso!

Beijos.